Rota Verde


Deixe um comentário


Policia trabalha com vontade

Na tarde de ontem Diego Patrini do Bonfim Vieira, Michel Matheus do Couto Dutra e Esmael de Oliveira Mota trocaram tiros com policiais após denuncia de um carro em atitude suspeita, a viatura abordou o veiculo que recebida a tiros por Esmael onde o mesmo evadiu do local, conseguiram abordar Diego e Michel e com eles foram encontrados todo material de entorpecente, logo após foi localizado Esmael sem arma que havia disparado contra a guarnição, foram encaminhado a 165 DP onde foram enquadrados nos artigos 04.330, 01.121T, 01.180, 01.218, 01.253 e ficaram presos. com eles foi apreendido 30 papelotes de maconha 36 frascos de maconha uma granada M3 e um Veículo roubado.

Guarnição setor Oscar e apoio setor Papa d o 33BPM.

Hoje por volta das 18 após denuncia feita por moradores da rua Natal Praia do Saco, policiais flagraram menores e adolescentes em uma casa que era usada tanto para o tráfico como para prostituição, segundo moradores as meninas tinham mudado ha a penas 4 dias para o local mais a baderna e o forte cheiro de drogas chamaram a atenção do moradores que acionaram brevemente a policia que agiu de forma rápida prendendo 4 menores e 3 maiores.

O delegado Eliezer Lourenço Costa autuou todos em flagrantes, sendo os maiores Guilherme da Conceição arruda 18 anos já tem passagem, Mirna Cristina de Oliveira 21 anos e Tays Costa Simões 24 anos entre eles quatro menores que serão apresentados amanhã ao MP, os maiores seguirão para Bangu onde aguardarão por julgamento. com eles  foram encontrados celulares, maquina fotográfica, farto material para endolação e maconha e cocaína alem de um facão. No local foi possível constatar que era farto o uso de drogas, moradores afirmam que as meninas da prostituição eram usadas para atrair usuários. Na operação estavam o sargento Marcos (Marcão) , Sd Jairo, Sd Edgar e Sd Miranda do 33BPM. o caso foi registrado na 165DP.


Deixe um comentário


Ação civil pública pede condenação de prefeito e presidentes da Câmara e do Instituto de Previdência por ato de improbidade administrativa

Rio – O Portal da Transparência de Mangaratiba está na mira da Justiça. A 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva do Núcleo de Angra dos Reis ajuizou ação civil pública contra a prefeitura, a Câmara de Vereadores e o Instituto de Previdência (Previ-Mangaratiba) para garantir o amplo acesso público a informações relacionadas a execuções orçamentárias e financeiras. O Ministério Público do Rio (MPRJ) requer o integral cumprimento da legislação  quanto ao funcionamento e atualização do portal.

Em nota, a prefeitura informou que ainda não foi notificada sobre a ação e que assim que for comunicada oficialmente, prestará as informações solicitadas pelo MP. No entanto, o município informou que o seu Portal da Transparência está em funcionamento e vem sendo continuamente aprimorado, visando dar total transparência às ações do Executivo.

“Através desse Portal, o cidadão tem acesso às despesas, receitas, extratos de contratos firmados, licitações em andamento e que ainda irão ocorrer, entre outras atividades da administração municipal. Ainda assim, se persistirem dúvidas, o cidadão pode requerer informações no ícone Acesso à Informação”, informa a nota.

De acordo com a ação, há uma omissão dos poderes públicos da cidade, que propicia ambiente fértil à prática de irregularidades na gestão pública. “Tudo é acentuado diante da impossibilidade de fiscalização, por populares, dos atos públicos praticados por diversos órgãos do município, o que poderia ocorrer através do simples acesso a sítios eletrônicos, conforme determina a legislação”, relata o promotor de Justiça Alexander Véras Vieira, que subscreveu a ação.

A ação aponta, ainda, a condenação por ato de improbidade administrativa dos gestores responsáveis pelo não cumprimento da legislação quanto ao Portal de Transparência – o prefeito municipal, o presidente da Câmara e o presidente do Instituto de Previdência -, considerando que a data limite para o seu pleno atendimento foi o dia 27 de maio de 2013, conforme determina a lei para os casos de municípios com até 50 mil habitantes. Foi requerida a estipulação de multa diária no valor correspondente a R$ 10 mil por descumprimento.

fonte:odia online

Continuar lendo


Deixe um comentário

Ação civil pública requer atualização do Portal da Transparência de Mangaratiba


A ação pede a condenação por improbidade do Prefeito, do Presidente da Câmara e do Presidente do Instituto de Previdência

A 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva do Núcleo de Angra dos Reis ajuizou ação civil pública em face do Município de Mangaratiba, tendo como alvo os Poderes Executivo e Legislativo, além do Instituto de Previdência (Previ-Mangaratiba), visando a disponibilização do amplo acesso público a informações relacionadas a execuções orçamentárias e financeiras. O MPRJ requer o integral cumprimento da legislação no que refere ao funcionamento e atualização do Portal da Transparência.

A ação civil é resultado de diversas diligências, realizadas desde o ano de 2012, e corroborada por diversas notícias, representações e procedimentos investigativos já instaurados, dando conta da manipulação de informações oficiais que deveriam ser públicas. De acordo com a inicial, há uma omissão dos poderes mangaratibenses, propiciando ambiente fértil à prática de irregularidades na gestão pública. “Tudo é acentuado diante da impossibilidade de fiscalização, por populares, dos atos públicos praticados por diversos órgãos do município, o que poderia ocorrer através do simples acesso a sítios eletrônicos, conforme determina a legislação”, relata o promotor de Justiça Alexander Véras Vieira, que subscreveu a ação.
Recentemente, foi cumprida pela 2ª Promotoria medida cautelar versando sobre fraudes em licitação, as quais seriam praticadas a partir da falsificação de jornal, a fim de revestir de legalidade a negativa dos poderes locais em dar publicidade aos seus atos oficiais.

O Ministério Público requereu a antecipação da tutela, em especial os seguintes pedidos: a condenação do Município de Mangaratiba, da Câmara dos Vereadores e do Instituto de Previdência em imediata obrigação de fazer, determinando-se que, através de seus respectivos representantes legais, adaptem suas homepages para que nelas sejam veiculadas diariamente todos os atos administrativos de interesse geral; e o imediato cumprimento dos dispositivos contidos no artigo 10 e seguintes da Lei de Acesso à Informação, mediante adoção de todas as medidas administrativas necessárias de controle, a fim de prestar contas à sociedade civil e aos órgãos de interesse.

A ação postula, ainda, a condenação por ato de improbidade administrativa dos gestores responsáveis pelo não cumprimento da legislação quanto ao Portal de Transparência – o prefeito municipal, o presidente da Câmara de Vereadores e o presidente do Instituto de Previdência -, considerando que a data limite para o seu pleno atendimento foi o dia 27/05/2013, conforme determina a lei para os casos de municípios com até 50 mil habitantes. Foi requerida a estipulação de multa diária no valor correspondente a R$ 10 mil por descumprimento.

Processo nº 0002418-88.2015.8.19.0030


Deixe um comentário

Justiça afasta Luciano Mota da Prefeitura


IMG-20150331-WA0011

Desembargador determinou suspensão do exercício da função pública do prefeito, de Amaro Gagliardi, Ricardo Soares, Alex Lucena e dois policiais militares

Luciano Carvalho Mota (PSDB) foi afastado do cargo de prefeito de Itaguaí pela Justiça. A informação foi confirmada pelo presidente da Câmara Municipal, Nisan César, que apresentou e posou com o ofício do Tribunal Regional Federal – 2ª Região, datado de 30 de março de 2015. Segundo o documento assinado pelo Desembargador Federal Paulo Cesar Morais Espírito Santo, está declarada a suspensão do exercício da função pública de Luciano Carvalho Mota (prefeito), Amaro Ferreira Gagliardi (Assessor de Assuntos Extraordinários), Ricardo Luís Rosa Soares (Secretário de Turismo), Alex Lucena Barboza (secretário de Transporte e Trânsito) e dos policiais militares Márcio Soares de Oliveira e Silvio Siqueira Silva.

O ATUAL obteve a informação antes mesmo da entrega do ofício na Câmara, mas a assessoria de imprensa do Tribunal Regional Federal – 2ª região, não confirmou nem ofereceu detalhes. Ainda não há informações sobre posse do vice-prefeito Weslei Gonçalves Pereira (sem partido). Também não se sabe por qual motivo se deu o afastamento do prefeito e dos outros citados. Sabe-se apenas que a Decisão do Desembargador é em relação à Medida Cautelar Inominada número 4357.

Há comemoração possivelmente em frente ao Palácio Barão de Teffé, onde há um acampamento de grevistas que reivindicam a aplicação do Plano de Cargos e Salários (PCCS), cuja aplicação foi adiada pelo prefeito por meio do decreto 3941. Da redação do ATUAL escuta-se som de fogos de artifício vindo daquela direção. A equipe do ATUAL está no momento em apuração dos pormenores que envolvem o afastamento do prefeito Luciano.

DESASTRE ANUNCIADO
O afastamento se dá como consequência da maior crise político-administrativa que se tem notícia em Itaguaí. Passados alguns meses de sua posse, Mota começou a sofrer oposição por conta da falta de realizações do seu governo. Em setembro de 2013 ocorreu a primeira fase da Operação Gafanhotos, que nos meses seguintes acabou por revelar um escândalo com as contas públicas itaguaienses. Suspeita-se que o prefeito Luciano comanda uma quadrilha que usurpa cerca de R$ 30 milhões por mês. Além disso, há mais de um ano e meio o ATUAL noticia que há sérias dúvidas e denúncias que envolvem o governo Mota.

 

Fonte: Jornal Atual

 


1 comentário >


Nas proximidades do Restaurante Canelas mais um ponto de drogas foi estourado pela policia na noite de sábado. Paulo Roberto Eloi da Costa Junior 26 anos e Leonardo Mateus Rodrigues Antunes 22 anos ambos presos em flagrante com dinheiro do tráfico e uma farta quantidade de maconha, cheirinho da loló, cocaína e haxixe. Os dois seguiram para Bangu onde aguardarão por julgamento.

IMG-20150329-WA0003

 

A operação foi feita pelos sargentos Marcos (Marcão) e Santiago do 33BPM.

IMG-20150327-WA0021Os policias da cidade tem mesmo lutado contra o tráfico que está em crescimento na região, ainda na semana passada outros quatro traficantes foram presos enquanto traficavam na cidade sob a guarnição do Sgt. Fernandes o Sd. Hélder e o Sargento Costa participaram da operação e foram homenageados na câmara do Vereadores pelo Vereador José Luiz do Posto que convidou para entrega da Moção representando os comerciantes o empresário Douglas Jordão (Jordãozinho).

Hoje em uma grande operação conjunta de repressão ao tráfico, policiais do 10º, 28º  e 33º BPM pararam carros e motos e revistaram suspeitos, mas nada foi apreendido.

Em nota os proprietários do Canella’s afirmam que esta operação estava a 100 metros do restaurante do outro lado da rua, na areia.

Lembrando que no restaurante não é permitida a entrada de qualquer tipo de substância e que repudiam o uso de drogas e que o estabelecimento conta com o apoio de três seguranças particulares contratados, onde os mesmos solicitam fazer revista nos clientes antes da entrada quando necessário. 

‘’Meu trabalho é honesto batalho todos os dias para manter meu restaurante aberto.’ Desabafa Priscilla Cizotto empresária proprietária do restaurante.


1 comentário

9 ônibus da Expresso Mangaratiba são interditados pelo procon


Procon Estadual vistoria garagens de empresas de ônibus na Baixada FluminenseO Procon Estadual realizou, nesta madrugada, a Operação Roleta Russa para vistoriar a falta de manutenção e documentação dos ônibus na Baixada Fluminense, com apoio do 15° e 20° Batalhões da Policia Militar. Foram interditados nove ônibus na garagem da empresa Expresso Mangaratiba, em Duque de Caxias, e um veículo da Linave Transportes, de Nova Iguaçu. O Ministério Público apura irregularidades denunciadas das duas empresas.

Na Expresso Mangaratiba, cinco ônibus foram interditados pela luz de ré não estar funcionando. Outros quatro coletivos não poderão rodar, já que estão documentos vencidos. A fiscalização encontrou baratas no interior de um ônibus e janelas com borrachas soltas. Além disso, os veículos não possuem acessibilidade para cadeirantes. A Expresso Mangaratiba terá que apresentar ao Procon Estadual a quantidade de veículos que possui com essa acessibilidade.

Na Linave Transportes, três ônibus apresentavam problemas com seus equipamentos de acessibilidade. Dois deles tinham problemas nos elevadores de cadeiras de rodas, mas foram consertados e liberados. O terceiro coletivo foi interditado porque a trava do assento para acompanhantes de cadeirantes estava quebrada.

A empresa de transportes públicos também foi autuada por outras irregularidades. Os fiscais encontraram extintores com problemas em dois ônibus e pneus carecas. Todos os veículos vistoriados da Linave não possuíam o certificado de dedetização e estavam sujos. A fiscalização do Procon determinou que o interior de todos os veículos fosse lavado.


Deixe um comentário

Marcão e Santiago prendem traficantes de Kennedy no Morro do Moraes em Mangaratiba


Moradores que não compactuam e não se agradam com o crime organizado denunciaram a venda de drogas no morro do Moraes, onde prontamente os policias do 33ºBPM, os sargentos Marcos (Marcão) e Santiago fizeram o flagrante e prederam um menor da cidade e um traficante da Vila Kennedy com farta quantidade de cocaína e dinheiro do tráfico. O caso foi registrado na 165 DP de Mangaratiba.

Edilberto Gomes Amado Junior 25 anos foi encaminhado para o presídio de Bangu e o menor de 16 anos para uma casa de custódia, onde ficarão a disposição da justiça aguardando por julgamento.

Mais uma bela atuação da dupla que tem prestado seu trabalho com dignidade a comunidade.

IMG-20150305-WA0018